Trânsito Patético

Tenho me divertido bastante depois que foi “inaugurado” o novo sinal de trânsito para pedestres aqui em Porto Alegre. Na verdade, a situação é hilária. É pedestre xingando motorista e estes, furiosos, ofendendo os pedestres com outro sinal. Mais precisamente com o dedo médio. O pessoal pega rápido a ideia.

Para quem não sabe, aqui em Poa, desde o dia 9 de setembro, para atravessar a rua sem sinaleira, o pedestre  deverá estender o braço, esperar o carro parar e depois cruzar a via. Parece óbvio, mas não era isso que ocorria.

Você ficava (e ainda fica) contemplando durante intermináveis minutos a faixa de segurança, enquanto aguardava uma alma caridosa parar. Quando isso acontecia, você ficava feliz. Mas descobria que o ato somente se efetivou porque logo a frente havia outro carro que impediria a passagem da “alma caridosa”. O sinal facilita muito a vida do pedestre, quando ele é respeitado.

A empresa responsável pela campanha de conscientização do novo sinal de trânsito, a Paim, teve como uma das fontes inspiradoras o desenho “Pateta no Trânsito”, que está aqui acima. Fantástico! Quem já passou pela situação do pedestre (passagem aos 4 minutos do desenho) levanta a mão!

Em Brasília isso já existe e, segundo relatos, a lei funciona. É uma questão de adaptação, assim como qualquer nova regra imposta. Mas a primeira pergunta que atropelou meus pensamentos foi: onde está toda a educação, etiqueta, cultura e maestria tão propagada do povo gaúcho? Oi? Desculpa, não ouvi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s