Feitiço do tempo: todo jornalista deveria ter direito a um

Em algum momento da vida, gostaríamos que um dia, um momento que fosse, se repetisse. Consertar um erro, dar aquela resposta entalada na garganta a alguém ou… trocar o lado da fita do gravador durante uma entrevista – erro que poderia resultar, inclusive, em uma “não-entrevista”.

Sim, foi o que aconteceu comigo ao conversar com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, no Encontro Nacional dos Estudantes de Relações Exteriores, em Gramado, na quinta-feira passada. Menos mal que o material não era para uma rádio, caso contrário… bem, deixamos isso de lado…

Sei que este tipo de mancada – esquecer que um dia a fita que está gravando acaba – acontece e já aconteceu com muitos jornalistas, hoje renomados (sinal de que devo ter esperanças?). Mas ao conferir que na “não-entrevista” não havia sequer um “ai” do ministro, me deixou arrasada.

Foi aí que lembrei do filme “O feitiço do Tempo”, aquele em que um jornalista vai cobrir o Dia da Marmota. Quando, no dia seguinte, Phil acorda, percebe que está vivenciando novamente o dia anterior. E assim segue de forma contínua. Um eterno “déjà vu”.

 ***********

Na mesma noite, voltei ao hotel, tomei um porre de chocolate quente e um banho para me esquentar, pois o frio de 12 graus estava castigando. Ao lado da cama, um bidê e, sobre ele, um rádio-relógio, como aquele do filme, lembram? Acordei. 7h15 . Abri a janela à procura da mesma cena do dia anterior. Talvez o dia repetisse. Mas não. Nada foi do mesmo jeito.

Acho que todo jornalista deveria ter o direito a algum feitiço do tempo. Nem que fosse só para trocar a fita de lado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s